8. O Comum dos Santos

A parte chamada “Comuns” que encontramos no livro da Liturgia das Horas e nos outros livros litúrgicos contém os textos a serem aplicados aos Santos da mesma “categoria” – apóstolos, mártires, virgens, pastores etc – ou seja, hinos, antífonas, salmos, leituras, orações COMUNS a vários santos, que são divididos pelos títulos que lhes são dados pela Igreja. É uma questão de economia de espaço. Ao invés de repetir em cada celebração aqueles textos, aglutina-se num mesmo lugar, uma vez que servem ao mesmo propósito.

O Comum dos Santos é usado também quando não há texto específico para um santo que se deseja celebrar. Um bom exemplo disso é Santo Expedito, que é um santo bastante popular no Brasil, com muitas igrejas a ele dedicadas, mas não tem seu nome inscrito no Calendário Romano Geral e não tem ofício próprio nos livros da Liturgia das Horas. Para celebrá-lo é necessário recorrer ao Comum dos Santos.

Posts Anteriores:

1. Estrutura dos Livros da “Liturgia das Horas” e da “Oração das Horas”

2. Diferença entre as edições do Ofício Divino

3. As diferentes partes que compõem a Liturgia das Horas

4. O “Próprio do Tempo”

5. O Ordinário da Liturgia das Horas

6. O Saltério

7. O Próprio dos Santos

todos-os-santos

Não há comentários até o momento

Deixe um comentário

Não se preocupe. Nós nunca usaremos seu e-mail para spam.

Não se preocupe. Nunca usaremos seu e-mail para spams.

X